Inovaeduca 3.0

Inscrições Abertas Guarde esta data

Jim Lengel (Universidade de Boston)

Princípios da Educação 3.0


Vimos a história da educação na América ao longo dos séculos 19, 20 e 21 e também como é um dia numa escola 3.0 (Veja mais). Este artigo aprofunda as ideias, analisa mais de perto o dia-a-dia e convida-os a comparar a sua escola com o que você verá. Nosso objetivo é explorar as seguintes questões:


  • O que significa Educação 3.0?
  • Qual a diferença da Educação 3.0 para o que fazemos hoje?
  • Em quais competências focar? Por quê?


Um exame cuidadoso dos alunos e professores 3.0 leva a seis princípios que descrevem o que está acontecendo e que ajudam a distinguir entre a educação 2.0 e a 3.0. Na escola 3.0:

  1. Os alunos trabalham em problemas que vale a pena resolver
  2. Alunos e professores produzem em conjunto
  3. Os alunos desenvolvem pesquisas auto direcionadas
  4. Os alunos aprendem como contar uma boa história
  5. Estudantes empregam ferramentas apropriadas para a tarefa
  6. Os alunos aprendem a ser curioso e criativo


Claro que eles fazem muitas outras coisas também - organizam seus horários, estudam as causas da Guerra Civil, praticam esportes e cantam no coral. Mas o fazem de acordo com os seis princípios-chave da aprendizagem no século 21. Para mais informações sobre a origem desses princípios, acesse The Global Achievement Gap, de Tony Wagner.
Eles usam as novas tecnologias- mas ela não é o centro de sua atenção, nem o nosso. A tecnologia permite muitas coisas e ajuda a trabalhar mais rápido, mas não é um fim em si. Vamos analisar cada princípio.


1. Os alunos trabalham em problemas que vale a pena resolver

Não me refiro a resolução de problemas matemáticos ou outros problemas acadêmicos que parecem preencher a maior parte do tempo na Educação 2.0. Ao contrário, os alunos trabalham em problemas que precisam ser resolvidos para tornar o mundo melhor. (Pode ser que um desses exija a resolução de problemas matemáticos. Então os alunos aprenderiam quando precisassem utilizar. Essa é a diferença entre aprender no tempo certo e apenas aprender.) O estudante 3.0:

  • Trabalha com um grupo de projeto colaborativo para resolver questões de interesse público bem como a importância acadêmica
  • Encontra os conceitos de um assunto totalmente coordenados com os temas e as atribuições dos outros
  • Trabalha em projetos da comunidade para construir elementos que complementam o trabalho acadêmico


2. Alunos produzem em conjunto

Os alunos raramente trabalham sozinhos em um projeto, mas são muitas vezes o único responsável pelo trabalho do grupo. Eles fazem uso das ferramentas de comunicação digital para colaborar com os professores, especialistas e colegas distantes, trabalhando da mesma forma que as empresas. Os nossos alunos:

  • Trabalha em um projeto em grupo com um treinador da faculdade, durante o tempo estipulado pela escola.
  • Encontra-se com seus colegas em espaços específicos para o desenvolvimento do projeto.
  • Faz videoconferências para ensino à distância, debates com especialistas no assunto, palestrantes convidados, professores e outros.
  • Conversa com sua família sobre o que aprendeu, utilizando o site da escola para discutir com seus pais.
  • Conecta-se a recursos multilíngues, multiculturais e internacionais, e aplica em seus projetos.


3. Os alunos desenvolvem pesquisas auto direcionadas

A pesquisa visa resolver os tipos de problemas descritos acima, e muitas vezes são inéditas. Raramente os trabalhos são os mesmos do ano passado e a classe faz pesquisas com temas diferentes. As ideias surgem após pesquisas de diversas fontes, disponibilizados através de arquivos digitais e redes. Num dia da vida desse aluno:

  • Procura fontes on-line, determinando sua importância e confiabilidade.
  • Utiliza dados em tempo real a partir de suas pesquisas digitais e de fontes em todo o mundo, para explorar as questões e resolver problemas.
  • Utiliza uma extensa biblioteca de textos eletrônicos, tutoriais e cursos on-line que eles baixaram para seus laptops e iPods.
  • Usa tecnologias de comunicação digital para trocar conhecimento com colegas e especialistas on-line.
  • Completa seus trabalhos - em especial o seu projeto individual e em grupo - fora do horário escolar.


4. Os alunos aprendem como contar uma boa história

Explicar, publicar, apresentar e persuadir são habilidades importantes para cada aluno na Educação 3.0. Ao longo de suas carreiras escolares, eles são instigados a compor, preparar e apresentar suas ideias através de palestras em público, apresentações em PowerPoints e podcasts - as mesmas formas utilizadas no ensino superior e nos negócios. Os alunos da nossa escola modelo:

  • Usam imagens, vídeos, músicas e animação para expor claramente seus trabalhos e apresentações.
  • Utiliza as tecnologias da escola para apresentar seus trabalhos.
  • Publica seus trabalhos em um portfólio online demonstrando seu aprendizado.
  • Apresenta os resultados de seu trabalho para um público fora da escola, combinando apresentação oral e mídia digital.


5. Estudantes empregam ferramentas apropriadas para a tarefa

Assim como raramente vemos lápis e papel empregados em escritórios modernos, universidades e laboratórios, estas ferramentas do século 18 são raras nas mãos dos estudantes na nossa escola de Educação 3.0. Em vez disso, usam qualquer ferramenta que funciona melhor: computador, calculadora, celular, tablets ou processador de dados. Estudantes:

  • Utilizam tecnologias de comunicação e informação (TICs), tais como mensagens instantâneas para trabalhar com professores, colegas e comunidade.
  • Escuta podcasts em dispositivos móveis para ampliar e aprimorar seu trabalho.
  • Utiliza as ferramentas digitais, tais como videoconferência, documentos compartilhados, e sistemas de gestão de aprendizagem para fazer seu trabalho.
  • Usa ferramentas digitais para desenvolver animações, vídeos, apresentações e podcasts que apoiaram seu trabalho.


6. Os alunos aprendem a ser curiosos e criativos

Em nossa escola modelo isso não é tratado como traço da personalidade do aluno, mas é ensinado como hábitos mentais e modos de trabalho que devem ser praticados em todas as áreas. Sem eles, os alunos são menos propensos a ter sucesso na faculdade e no trabalho. Assim, os estudantes:

  • Identificam oportunidades para ampliar seus estudos, utilizando as ferramentas necessárias.
  • São recompensados pela descoberta de novos padrões e relacionamentos.
  • Aplicam apreciação artística, composição e expressão ao seu trabalho de resolução de problemas.
  • São atribuídas tarefas que os fazem buscar novas abordagens e soluções inéditas.
  • Terminam o dia com um sentimento de admiração e curiosidade ligada a objetivos importantes.


Em sua escola...
Seus alunos fazem as coisas listadas acima? Na sua escola? Em sua cidade? Que mudanças teriam que ocorrer para que isso aconteça? Quais são as tecnologias que eles precisam?

*Este artigo foi extraído do site do autor: http://lengel.net/ed30/principles.html
Tradução livre.



Patrocínio Diamond:
Patrocínio Platinum:
Patrocínio Gold:
Patrocínio Silver:
Parcerias Pedagógicas:
Produção:
Realização:
  • Criax - Comunicação Organizacional
Apoio Institucional:
  • SeducPE
Apoio Pedagógico:
  • TIC Educa